Perder um ente querido nunca será fácil, ninguém tem a mesma reação e muito menos sente a mesma coisa. O sofrimento é único. Não podemos mensurar a dor do outro e muito menos julga-lo. Mas podemos ajudar a pessoa enlutada a passar por esse momento com apoio para tentar diminuir seu sofrimento.

Quando alguém que gostamos perde uma pessoa importante, ficamos sem saber o que fazer para confortá-lo nesse momento tão difícil. É importante demonstrar carinho e paciência. Uma pessoa que está em luto precisa receber o apoio emocional de seus amigos e familiares. O amor é importante em tudo na vida e neste momento é mais do que fundamental para que a pessoa possa superar essa fase.

A primeira coisa a ser feita é ter empatia com a dor do próximo. Não podemos imaginar e nem mensurar como o outro está se sentindo após perder alguém que amava. Por isso, nunca julgue o sentimento alheio e nem sua intensidade. A gente nunca sabe como a outra pessoa está se sentindo por dentro.

O luto é um momento que cada pessoa passa por ele de formas diferentes. Não fale para o enlutado seguir com a vida, bola pra frente e que a vida continua, pois ela sabe disso. Para que esse momento seja superado é preciso tempo. Apenas respeite.

É importante que o enlutado saiba que tem apoio das pessoas ao redor. É preciso estar presente em seu dia a dia, apoiá-lo e conversar. Às vezes, uma conversa vale mais que qualquer coisa.

O luto tem várias fases e no meio delas, o enlutado pode não ter disposição para fazer as tarefas que costumava fazer, como arrumar a casa ou lavar roupa. Esteja presente, ajude-o a passar por esse momento.

Mesmo longe, mande uma mensagem de apoio ou ligue para saber como o enlutado está. O isolamento social pode fazer parte do luto, mas é importante que a família e amigos se façam presentes para amenizar a dor dele.

É importante estar presente, mas também é preciso respeitar o espaço de quem está em luto. Sempre pergunte se a pessoa quer companhia, se deseja sair de casa para respirar um ar fresco e outras atividades. O respeito é essencial!

Se depois de muito tempo, o enlutado ainda mostrar dificuldades em seguir em frente, leve-o para obter ajuda de um psicólogo. Este profissional é indicado para auxiliar as pessoas que estão passando por conflitos emocionais e poderá ajudar nesse processo.

LEIA TAMBÉM: 5 maneiras de como lidar com a saudade após a perda

.

Clique aqui e saiba mais!