A festa de Halloween é conhecida no mundo inteiro, mas não é festejada por todos. No Brasil, apenas algumas pessoas aderem ao Halloween em forma de festas em ambientes privados. Em alguns países como nos Estados Unidos, a maioria da população decora suas casas, usam fantasias e distribuem doces, igual nos filmes. É uma festa super divertida e aderida por eles.

O Halloween tem origem pagã há mais de 2 mil anos. Na data que consideramos 1 de novembro, os povos celtas da Europa comemoravam o Ano Novo, chamado de Samhain (“SA-win”). Na véspera desse dia, acreditava-se que os espíritos andavam pela Terra em uma jornada para a pós-vida. Também se diziam vagarem fadas, demônios e outras criaturas pela Terra.

Os celtas se reuniam ao redor de fogueiras e usavam fantasias feitas de peles de animais com intuito de confundir os espíritos, para que não fossem possuídos. Usavam máscaras ou pintavam o rosto de preto, estudos dizem que os celtas personificavam-se ancestrais mortos.

Já as brincadeiras de “gostosuras ou travessuras” também vieram dos celtas, que se fantasiavam de espíritos e iam de casa em casa praticando tolices em troca de comida e bebida.

MITOS SOBRE O HALLOWEEN

Mesmo que seja apenas uma brincadeira para se divertir, até hoje o Dia das Bruxas/Halloween ainda tem os mitos e lendas que o rodeia. Como por exemplo:

– Cultos Satânicos;

– Sacrifícios de gatos pretos e animais;

– Gato preto traz azar;

– Doces envenenados;

– Mortos saem do túmulo de noite;

– Fantasmas vagam pela Terra;

– Halloween é a glorificação de Satanás;

– Sequestram e sacrificam crianças.

ORIGEM DA ABÓBORA ILUMINADA

O grande símbolo do Halloween, a abóbora é uma adaptação de uma prática realizada pelas celtas. Eles tinham o hábito de esculpir nabos com rostos macabros e ilumina-los com luz interna para afastar espíritos ruins, oriunda de uma lenda irlandesa chamada “Stingy Jack”.

A lenda fala de um irlandês chamado Jack que convidou o diabo para tomar uma bebida com ele. Quando acabou a bebida, Jack convenceu o diabo a transformar-se em uma moeda para  pagar a conta. Depois, ele pegou o diabo em forma de moeda e o colocou ao lado de uma cruz de prata, o que impedia que o diabo voltasse a sua forma normal.

Essa prática foi levada ao EUA por irlandeses, mas passam a fazer as esculturas em abóboras, devido a grande quantidade do legume. E até hoje ficou conhecido por jack-o-lantern em referencia as abóbaras de Halloween.

ORIGEM DO NOME

O nome Halloween deriva da palavra inglesa “All Hallows’ Eve”. Hallow é um termo antigo para “santo” e “eve” é o mesmo que “véspera”. O termo se destina a noite anterior ao Dia de Todos os Santos, celebrado em 1º de novembro.

HALLOWEEN MODERNO

Hoje em dia, o Halloween é uma festa moderna que busca a diversão com festas e fantasias. Não existem rituais macabros, afastar espíritos ruins e outras lendas antigas. O Halloween passou a ser apenas uma forma de festejar com muita alegria e criatividade.

LEIA TAMBÉM: Renascer das cinzas: ter um objetivo nos impulsiona a seguir vivendo

Clique aqui e saiba mais!

Fontes: https://www.nationalgeographicbrasil.com/cultura/2018/10/dia-das-bruxas-mitos-verdades-fantasias-historia-religiao-halloween

https://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/hallowee.htm

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/10/151029_origem_halloween_rb